sábado, 31 de dezembro de 2011

Feliz 2012


E mais um ano chega ao fim. Não foi um ano muito bom e o que se avizinha não se perspectiva muito melhor. Esta maldita crise faz com que todos andem desanimados e tristes.

Mas fiz um pequeno balanço e concluí que apesar de algumas dificuldades que tenho tido ultimamente, não há crise que me derrube. Resolvi não me render a essa tristeza e encarar a vida como uma caixinha de surpresas (às vezes boas, às vezes más) mas que, se analisarmos bem essa caixinha, ela é melhor do que muitas vezes a pintam, afinal... tenho saúde e os meus comigo, o resto tudo se ultrapassa.


O que eu ambiciono e desejo a todos é que seja um ano repleto de alegrias e realizações, que continuemos a sonhar e a acreditar que é possível concretizar os nossos sonhos e que no final de 2012 consigamos dizer: Afinal não foi tão mau como se esperava!!!!

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Creme de 2 chocolates

E cá vem mais um dos doces que passou pela minha mesa este Natal. Aliás este é SEMPRE um dos doces das festas cá de casa, porque todo o pessoal adora

De cada vez que faço esta receita há briga certa cá em casa. O meu irmão, os meus filhos e as minhas sobrinhas reclamam a taça só para si... É uma guerra!!!! Mas fica mesmo muito bom... é chocolate não havia de ficar!!!!


A receita "ouvi-a" há bastantes anos num dia em que estava de férias e o Manuel Luis Goucha presenteou as "assistentes" do seu programa da manhã com esta receita que constava do seu livro "Os doces do Manel". Nunca comprei o livro e apanhei a receita meio no ar mas é qualquer coisa assim:

Ingredientes:

1 tablete de chocolate preto
1 tablete de chocolate branco
400g de açúcar (eu uso cerca de 300g e preferêncialmente açucar em pó)
2 pacotes de natas
3 colheres de açucar
2 colheres de margarina

Preparação:
Derrete-se a tablete de chocolate preto com uma colher de margarina. Faz-se um creme com 4 gemas e 200g (no meu caso 150g) de açúcar e junta-se o chocolate derretido.

Derrete-se a tablete de chocolate branco. Faz-se, igualmente, um creme com 4 gemas e 200g de açúcar (no meu caso 150g)  e junta-se o chocolate derretido.

Batem-se 2 pacotes de natas com 3 colheres de açúcar e acrescenta-se metade ao creme de chocolate negro e a outra metade ao creme de chocolate branco.

Deita-se na travessa em camadas alternadas de cada um dos cremes de chocolate (desta vez fui pondo colheradas na taça mas não resulta tão bem em termos visuais, mas o sabor, claro, está lá).

Nota: Pode aromatizar-se o creme de chocolate branco com aroma de baunilha e o de chocolate preto com laranja, canela ou café.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Galette de Rois

Começo as receitas do Natal com esta Galette que anda nas minhas receitas "a fazer" à imenso tempo. A receita é de uma pessoa que eu nunca conheci mas que foi uma das pessoas que me fez despertar para este mundo da blogosfera: A Nanda.

Na altura eu era apenas uma cusca que passava com frequência nalguns blogs e o dela era obrigatório. Gostava das suas receitas mas gostava, principalmente, da forma como ela encarava a vida. Tinhamos imensos gostos em comum e até tinhamos casado no mesmo dia.

Pergunto-me muitas vezes como é que isto é possível mas fiquei com tanta pena quando ela nos deixou, que até parecia tratar-se de uma pessoa que eu conhecia há anos. Fez ontem 3 anos que ela faleceu.

Este Natal, resolvi que tinha de experimentar fazer esta receita e por isso, aqui fica a minha homenagem à Nanda com esta galette deliciosa, cuja receita aconselho a consultar no seu blog fantástico, que para quem não conheceu merece uma visita.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

O meu Natal

Como já referi os dias que antecedem o Natal são, para mim, completamente alucinados. Como deixo tudo para os últimos dias (prendas inclusive) levo o tempo a fazer listas do que me falta (porque falta-me sempre qualquer coisa). Faço as listas das prendas que faltam, dos doces a fazer, das compras no supermercado, mas mesmo assim, às vezes ainda falta qualquer coisinha. Este ano foi o requeijão. Tinha feito doce de abóbora com nozes e esqueci-me de comprar o requeijão. Como se fizesse falta com tanto doce lá em casa… mas apetecia mesmo!!!!

O Natal é sempre passado na minha casa. Para além de nós cá de casa, junta-se a minha mãe, as minhas sobrinhas, o meu irmão e a namorada, e o filho dela, que veio relembrar os Natais com crianças, já que os meus filhos e as minhas sobrinhas já estão crescidos... Como dizia o meu irmão este ano até há mais um a beber vinho ao jantar.

Na noite de Natal servimos o tradicional bacalhau cozido com couves, batatas e ovo. E com alguma conversa e muitos risos pelo meio, espera-se ansiosamente pela meia-noite, hora em que o pai Natal passa para deixar os presentes.

No dia 25 é rei da mesa o peru recheado com carnes, nozes e castanhas.  Este ano ficou uma delícia!! Com as sobras do jantar fiz um bacalhau no pão que também ficou bastante bom.

E Natal sem doces não é Natal. Foram feitos doces de colher, várias tartes, sonhos e só o bolo rei foi comprado.

A tarde do dia de Natal é sempre aproveitada para uns jogos de tabuleiro… Este ano foi Trivial.

O jantar foi petisco. Queijos, presunto, paio, gambas cozidas e um pão recheado com queijo que estava excelente!!!

E pronto, assim se passou mais um Natal, aconchegante, divertido e em companhia da família.

Não sei se é da idade mas este ano fiquei mais cansada do que é habitual, felizmente que não trabalhei a 26 e aproveitei para pôr a casa em ordem (está quase). Só hoje voltei ao blog e por isso deixo apenas as fotos (as que tirei porque, de algumas coisas esqueci-me!!!) para vos ir abrindo o apetite. As receitas vão sendo postas por estes dias.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

FELIZ NATAL

Estes dias são sempre muito atribulados, principalmente para mim que deixo sempre tudo para a última semana. Todos os anos digo que no ano seguinte vai ser diferente mas é tempo perdido. Quem me tira esta correria antes do Natal tira-me toda a magia desta festa!!!!

Imagem retirada da Net

E como agora só cá devo voltar dia 26, aproveito para desejar que neste Natal:

Esperança seja um sentimento constante em cada um de nós.

O Amor e a Amizade prevaleçam acima de todas as coisas materiais.

As pessoas olhem mais a sua volta, e não tanto para "si" mesmas.

A humildade e o respeito residam no coração de todos.

E por fim, que meu pedido se realize não só neste Natal, mas em todos os dias de nossas vidas!

FELIZ NATAL PARA TODOS

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Mexilhões gratinados

Estes mexilhões são uma pequena maravilha.Comia-os há uns anos num restaurante que havia na Praia de Santa Cruz. Mas o restaurante fechou e felizmente que o Quim (o dono) - embora não me tendo dado a receita - deu-me algumas dicas que me permitem reproduzi-los quase tão bem como ele os fazia. Os dele tinham muito mais "recheio" mas eu prefiro fazê-los assim para saborear melhor o marisco.

 Esta entrada é óptima também para aqueles jantares "apetiscados"de fim-de-semana.



Ingredientes:
1 Kg de mexilhões meia casca
Manteiga d'alho
Maionese
1 colher de chá de mostarda antiga (opcional, às vezes não ponho)
Ervas aromáticas a gosto (usei coentros)
Mistura de pimentas moida na hora
Pão ralado

Preparação:
Faz-se uma pasta com a manteiga d'alho, a maionaise, a mistura de pimentas, os coentros bem picadinhos e a mostarda.
Colocam-se os mexilhões num tabuleiro e cobre-se cada um deles com um pouco da pasta.
Polvilha-se com pão ralado e vai ao forno a gratinar.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Já é Natal

O Natal é, para mim, a melhor época do ano. Adoro a reunião da família na noite de 24 de Dezembro, as receitas altamente calóricas, a ázafama das pessoas, o pai Natal, as luzes, as decorações, os filmes de Natal... enfim é uma época mágica. É verdade que às vezes penso que já não tem a magia de outros tempos porque, por um lado, já não temos crianças pequenas em casa e por outro já falta um ramo na minha árvore que me faz muita falta, mas nós tentamos ultrapassar os revezes da vida  e fazer do Natal uma festa.

Todos os anos a minha árvore de Natal é feita com um tema diferente e este ano em que toda a gente fala (e eu também) em crise, falta de motivação para o Natal, falta de dinheiro para prendas e tudo o mais, eu resolvi fazer a minha árvore com aquilo que mais me importa nesta época do ano: A MINHA FAMÍLIA!!! Para além dos enfeites tradicionais coloquei cartõezinhos com as fotografias da familia mais chegada e aproveitei para fazer também homenagem aos que já não estão entre nós... Como diz o meu filho é a melhor árvore do mundo.

Quanto à magia que as crianças nos trazem nesta época, ela vem de outras formas.

Senão vejamos, eu e a minha mãe somos daquelas que ainda teimam em acreditar no Pai Natal. Os meus filhos continuam a vibrar com um simples par de meias que lhes ofereçam. E mais, com 23 e 19 anos, imaginem só, ainda querem o seu calendário do Advento onde, religiosamente, todos os dias vão retirar o seu chocolatinho. As minhas sobrinhas, que são mais novinhas (13 e 15) andam doidas a fazer as listas de presentes, mesmo sabendo que este ano o Natal vai ser mais "contido". O meu irmão que está na Holanda todos os dias desepera a contar os dias para vir para perto da família ... Como vêm, não há crise que nos derrube e quando temos os nossos por perto, o calor e a magia desta altura do ano estão sempre presentes.

Desejo uma época Natalícia muito feliz para todos os que por aqui passam e pensem nisto: As prendas são apenas uma das coisas que se pode dar no Natal e são, seguramente, as menos importantes.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Maçã assada com chocolate negro em massa filo

E do programa "Ingrediente Secreto" do Henrique Sá Pessoa saiu esta sobremesa bem apetitosa.


Ingredientes:
20 g de massa filo
1 maçã reineta cortada em cubos
15 g de manteiga
1 colher de sopa de açúcar
20 g de chocolate preto
Azeite qb

Preparação (transcrevo à risca as dicas do Chef):
Corte a maçã em quatro, retire o caroço e a casca [Observação do Chef] A maçã reineta é mais acida, não se assustem se ela oxidar. Parta a maçã em cubos pequenos.

Aqueça uma frigideira com um fio de azeite e um cubo de manteiga. Quando estiver bem quente adicione a maçã em pedaços. Adicione uma colher de sopa de açúcar para caramelizar bem.

[Observação do Chef] Cuidado! Vá virando para não queimar! Quando estiver dourada coloque num prato para arrefecer.

Numa panela pequena, derreta dois cubos de manteiga. Estenda a massa filo numa tábua. [Observação do Chef] A massa filo tem que ser trabalhada rapidamente pois seca com facilidade. Pincele a massa filo com manteiga derretida. Polvilhe com açúcar. Coloque outra camada por cima e volte a pincelar com manteiga derretida.

Coloque a maçã caramelizada no centro. Triture o chocolate negro com a faca e coloque por cima da maçã caramelizada. Feche o preparado com a massa filo. Faça alguns cortes por cima.

Pincele o fundo do pírex com um pouco de manteiga, polvilhe com açúcar caramelizado. Coloque no pírex e leve ao forno pré-aquecido a 200º durante 10 minutos.

 
Acompanhei com uma bola de gelado triplo chocolate.Vai uma colherzinha?

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Espetadas tropicais

O talho onde ultimamente vou tem umas ideias interessantes que nos permitem variar as refeições sem muito trabalho. 

Sábado à tarde passei por lá sem ideias para o almoço de domingo e acabei por comprar estas espetadas tropicais que gosto muito.

Claro que estas já foram compradas assim e foi só pôr no grelhador mas não é nada que não possa ser preparado em casa.

Então é assim:

São umas espetadas compostas por rolinhos de perú envoltos em tiras de bacon, com ananás e tâmaras.
O resto não tem nada que saber. Um pouco de sal, colocam-se no grelhador e, no meu caso, acompanhei com batatas fritas e salada de alface.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Sobremesa do Jamie Oliver

Esta sobremesa já foi feita há um tempinho e foi inspirada numa receita do programa "30 minutos com o Jamie Oliver"

É optima para se preparar uns minutinhos antes do almoço e servir logo a seguir. Como eu sou apressadinha, preparei logo tudo antes de almoço e o gelado derreteu demasiado... perdeu-se no aspecto final, mas em sabor não se perdeu nada. 

Por outro lado, não tomei notas da receita e como já aqui referi há uns tempos, perdi as gravações dos meus programas de culinária. Mas eu vou deixar a receita adaptada e com as recomendações do Chef que me recordo.


Ingredientes:
Bolachas de manteiga (usei Galletes Brettonnes)
Framboesas
2 colheres de açucar
Gelado de natas
Chocolate
Leite

Esfarelam-se as bolachas no fundo da taça.
Levam-se ao lume as framboesas com o açucar e um nadinha de água. Vai-se mexendo e depois de ferver um pouco coloca-se as framboesas em cima das bolacha. Reserva-se.
Derrete-se também o chocolate negro e adiciona-se um pouco de leite. Vai-se mexendo até obter um liquido espesso. Reserva-se e na hora de servir se necessário amorna-se um pouquinho (foi aqui que eu me antecipei e fiz logo tudo de seguida).
Na hora de servir coloca-se o gelado por cima da bolacha e das framboesas e rega-se com o chocolate quente.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Frango com alecrim e vinagre balsâmico

Ainda não é inverno mas o tempo está como eu gosto: solarengo e frio!!! É este o meu inverno, onde nos apetece sair à rua, bem agasalhados ou ficar no sofá enroscadinho numa manta e com o sol a entrar pela janela.
E se há coisas que me confortam com este tempo, é o forno ligado com uma bela refeição lá dentro. Um assado, é o que eu chamo de comida quentinha que aquece as nossas casas e conforta a alma.
A mim, sabe-me e cheira-me a comida da mãe e da avó e lembra-me tempos antigos. Talvez por isso adore este tipo de refeição e espero que, um dia, os meus filhos tenham também esta referência.

Por isso, seja carne, seja peixe, no Inverno o meu forno é dos electrodomésticos mais utilizados cá por casa. Desta vez um simples frango, uns condimentos saborosos e aqui está uma bela refeição.



Ingredientes:
1 frango
1 haste de alecrim fresco
pimenta rosa
3 dentes de alho picadinhos
vinagre balsâmico
azeite
sal a gosto
piri-piri (opcional)

Preparação:
Arranja-se o frango e tempera-se com sal e piri-piri, alhos picadinhos, alecrim, pimenta rosa e vinagre balsâmico.
Rega-se com um fiozinho de azeite e deixa-se descansar durante cerca de 1 hora, coberto com a célebre folha de papel de aluminio que raramente dispenso nos assados.
Vai ao forno ainda com a folha de papel de aluminio e quando está quase assado, retira-se a folha para corar.

Mais uma solução bem apetitosa e que todos gostaram bastante.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Crumble de marmelos

Lembram-se deste crumble? Pois desta vez resolvi adaptá-lo a uma nova fruta. Antes que se acabem os marmelos cá vai disto!!!

É feito exactamente da mesma maneira por isso não vale a pena repetir a receita, mas posso dizer que fica com um agradável sabor a marmelada que conjugado com o crumble... Huuummmmm!!!!!

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

O Natal entre blogs


A Vânia dos Cinco Sentidos na Cozinha propôs uma troca de prendinhas de Natal entre blogs de culinária.

Não acham uma boa ideia?  Eu cá acho bem giro e já me inscrevi. Passem por lá e inscrevam-se também .

Vá lá... vamos lá entrar no espírito de Natal.

Batatas a murro com alecrim

Isto não é propriamente uma receita mas sim uma sugestão de acompanhamento que, cá em casa, tanto serve para peixe como para carne grelhada - Batata a murro.

As batatinhas são cozidas inteiras, com bastante sal e cobertas de água. Depois de cozidas limpa-se bem o excesso de sal e depois dá-se um murro em cada uma delas. Depois rega-se com azeite quente com alho picadinho.

Desta vez apenas fiz uma pequena alteração no molho e levei ao lume, a ferver, azeite, alho e alecrim (esta é a novidade). Como era para acompanhar carne achei que devia resultar bastante bem. E não me enganei!!!!



quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Peixe espada preto no forno

Nunca tinha experimentado filetes de peixe espada preto, mas um dia destes encontrei uma amiga na peixaria e ela ia comprar e só dizia maravilhas. Também o  João, dono da peixaria, não se cansava de elogiar o peixe. 

Resolvi comprar, mas, desde logo, decidida a não fazer fritos... e não fiz!!!

E não é que no forno ficou uma delícia? O peixe espada preto está aprovadissimo. Sem dúvida para repetir.


Ingredientes:
8 filetes de peixe espada preto
2 cebolas  médias
3 dentes de alho
1 tomate maduro (usei congelado)
oregãos frescos
sal e pimenta a gosto
azeite
vinho branco
batatas
1 dente de alho
1 folha de louro

Preparação:
Rega-se o fundo do tabuleiro com um fio de azeite e colocam-se os filetes. Tempera-se com sal e pimenta, com as cebolas laminadas em meias luas, os dentes de alho picados, o tomate picadinho e os oregãos frescos. Rega-se com um fio de azeite e um pouco de vinho branco e deixa-se apurar os sabores cerca de 20 minutos. 
Depois leva-se ao forno a assar.

Entretanto, descascam-se as batatas e cortam-se em cubos. Cozem  cerca de 7 a 8 minutos (só um entalão) em água aromatizada com sal, pimenta, um dente de alho esmagado e uma folha de louro.
Depois escorrem-se e juntam-se ao peixe, envolvem-se no molho e deixa-se assar.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Pão com mistura de charcutaria

O meu filho Pedro andava, há que tempos, a pedir para lhe fazer um pão que tinha comido na casa de um amigo. Eu pedia-lhe explicações e ele dizia: Ó mãe, é um pão normal mas tem bocadinhos de bacon.

Resolvi pôr mãos à obra e experimentar fazer. Fiz um pão com farinha de trigo "normal" e, em vez de só pôr bacon, resolvi que devia fazer uma mistura de charcutaria.

Ficou bastante bom e é óptimo para os lanchinhos de domingo!!!


Ingredientes:
530g de farinha de trigo
330 ml de água
fermento de padeiro (cerca de 10g)
sal a gosto
Enchidos vários (bacon, fiambre, chourição...o q houver em casa)

Preparação:
Na cuba da máquina de pão colocar a água e o sal.
Pesar a farinhas e juntar à agua e sal.
Por cima esfarelar o fermento.
Programar a máquina (a minha é do Lidl) no programa 1 - Normal.
Quando a máquina apitar a pedir a adição de ingredientes juntar os enchidos partidinhos em quadradinhos.

Adoro o cheirinho do pão a cozer na minha cozinha!!!!

domingo, 20 de novembro de 2011

De volta com uma receitinha bem saborosa... Feijoada de chocos

Tenho andado meio sem vontade, meio sem tempo (mas sinceramente é mais falta de vontade q de tempo) e por isso não tenho passado por aqui e não tenho sequer visitado as cozinhas amigas. Mas está tudo bem comigo (só a cabeça é que não está a ajudar, mas isto passa!!!) e como a cozinha não tem estado parada  tenho algumas receitinhas para pôr em dia.

Hoje deu-me as saudades deste meu cantinho e como o almoço de hoje estava uma delicia resolvi voltar, e embora não prometa uma grande regularidade vou tentar ir voltando aos poucos. Também já tenho saudades de visitar as vossas cozinhas, deve haver pr'ái grandes novidades!!!

Vou então começar pelo almoço de hoje. 



Ontem comprei um choco congelado com quase 2 Kg na peixaria onde costumo ir e que tem peixe com imensa qualidade. À partida ia fazer choco frito mas acabei por optar pela feijoada.Já tinha feito uma vez e não tinha corrido muito bem. Hoje ao contrário ficou excelente!!!! Da outra vez, se bem me lembro, fiz como uma feijoada normal, com chouriço e tudo. Hoje fiz muito mais simples e ficou muito mais saboroso.

Vamos lá à receita:

Ingredientes:
1 Kg de choco limpos
2 latas de feijão branco
2 cebolas médias
3 dentes de alho
2 tomates maduros (usei congelado)
1 folha de louro
1 copo de vinho branco
azeite
sal e piri-piri a gosto
coentros, a gosto

Preparação:
Num tacho aloura-se  a cebola em cubos, o alho picado, o louro e o azeite.
De seguida junta-se o choco partido em quadradinhos e o tomate  em cubos e tempera-se com sal e piri-piri.
Refresca-se com o vinho branco e deixa-se estufar cerca de 25 minutos, mexendo de vez em quando. Se começar a secar acrescenta-se um pouquinho de água.
Entretanto juntam-se os camarões e o feijão e deixa-se cozinhar cerca de 10  a 15 minutos em lume brando. Rectificam-se os temperos e juntam-se os coentros picadinhos.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Frango à Mourinho

Na passada 6ª feira saí do trabalho um pouco mais cedo do que é habitual e quando cheguei a casa estava a dar na televisão o programa da tarde da Conceição Lino. Reparei então que ele tinha um convidado VIP a fazer uma receita - era o Pedro Mourinho da SIC Notícias. A coisa tinha tão bom aspecto que já não saí dali. É uma variação muito interessante do frango com sopa de cebola e natas.

Sábado ao almoço foi só pôr mãos à obra e fazer este Frango à Mourinho. É muito bom... recomendo!!!


Ingredientes:
8 bifes de frango (4 peitos em bife)
1 cebola
3 dentes de alho
1 pimento vermelho
1 pacote de sopa de cebola
3 pacotes de natas (só usei 2)
500 g de queijo ralado (usei 200 g)
Azeite

Preparação:
Corta-se a cebola em meias-luas e picam-se os dentes de alho. De seguida cortam-se os pimentos em tiras e tiram-se as grainhas. Coloca-se tudo num tabuleiro e rega-se com um fio de azeite.
Entretanto, numa tigela à parte, mistura-se bem o pacote de sopa de cebola com 1 pacote de natas e passam-se os bifes na mistura.
Depois, colocam-se os bifes na travessa em cima da cebola, alho e pimento. Por cima dos bifes colocam-se o outro pacote de natas.
Polvilha-se com o queijo ralado (para gratinar) e leva-se ao forno a 180º durante  cerca de 25 minutos.
Acompanhei com batatinha frita e salada de alface

domingo, 23 de outubro de 2011

Bolo de alfazema com calda de laranja

Uma coisa que eu gosto é de inventar um bolinho. Olho para as coisas que tenho na despensa e vou juntando os ingredientes. Às vezes corre bem outras nem por isso... Desta vez não correu nada mal!!!





Infelizmente, como a cabeça não anda grande coisa, esqueci-me completamente de tirar foto, mas não quis deixar de partilhar porque vale a pena fazer!!! Ainda por cima hoje já chove imenso, o frio já chegou e apetece mesmo ficar no sofá com um cházinho e uma fatia de bolo.





Ingredientes:

250g açucar amarelo
5 ovos
100g margarina
200g farinha
2 colheres chá fermento
casca de 1 laranja
3 colheres sopa de alfazema (para a próxima reduzo um pouco, duas é suficiente)

Calda:
2,5 dl de leite
6 colheres de sopa de açucar
sumo de 1 laranja

Preparação:
Coloca-se na Bimby a casca de laranja, a alfazema e o açucar e tritura-se15 seg, na vel 6.
Juntam-se os ovos e mistura-se 1 min na vel 4
Adiciona-se entretanto a margarina amolecida e programa-se 4 min, na vel 5 e na temp 37º.
Por fim acrescenta-se a farinha com o fermento e bate-se 15 seg na vel 6.
Vai ao forno a cozer em forma untada com óleo em pray ou então com margarina polvilhada com farinha

Entretanto prepara-se seguinte calda:
Leva-se ao lume, até ferver, o leite com o sumo da laranja e as 6 colheres de açucar.

Ainda dentro da forma pica-se o bolo com um garfo e rega-se com a calda. Deixa-se absover um pouco e depois desenforma-se.

sábado, 22 de outubro de 2011

Lasanha de frango com espinafres/grelos

A minha prima Cristina foi uma querida e ofereceu-me o livro  "Itália - Receitas da Bimby". Tem várias receitas bem saborosas mas a primeira que me cativou foi esta lasanha.

É simplesmente deliciosa... Cá em casa adorámos!!!

Nota: a receita teve algumas adaptações em relação à original



Ingredientes
Placas de lasanha
200g queijo mozzarella
1 cebola
2 dentes de alho
50g azeite
500g peito de frango cortado aos pedaços
3 tomates
50 g de vinho branco
1 caldo de galinha (opcional)
200g espinafres descongelados e escorridos
sal q. b.
pimenta q.b.

Ingredientes para o molho béchamel
600g leite
10g azeite
40g farinha
sal, pimenta e noz-moscada q. b.

Preparação
No copo da Bimby, coloque a cebola, os alhos e o azeite e pique 5 seg/vel5.
Refogue 5 min/varoma/vel1 e reserve metade do refogado.
Ao refogado do copo, junte o frango, o tomate, o vinho, o caldo de galinha, tempere com sal e pimenta e programe 15min/100ºC/velocidade colher inversa.
De seguida desfie o frango (6 a 8seg/velocidade 4 inversa. Reserve
Sem lavar o copo, coloque o refogado reservado, os espinafres e o sal e salteie 5min/100ºC/colher inversa. Reserve.
Entretanto prepare o béchamel. Coloque todos os ingredientes no copo e programe 7min/90ºC/vel4. No fim rectifique os temperos.
Num pirex, coloque um pouco de béchamel, um pouco do preparado de frango e cubra com as placas de lasanha.
Coloque o restante preparado e metade do queijo ralado por cima das placas de lasanha. Volte a cobrir o frango com placas de lasanha.
Coloque os espinafres salteados sobre as placas de lasanha e deite por cima mais um pouco de bechamel.
Coloque a última camada de placas de lasanha, o restante bechamel e polvilhe com o resto do queijo mozzarella.
Leve ao forno cerca de 25 minutos.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Saladinha de grão

E parece que é desta que o Verão nos vai deixar. Os dias estão mais pequenos, as temperaturas vão cair para niveis normais para a época e não tarda já sabe bem uma mantinha nas pernas e um cházinho.

Para celebrar o fim do Verão aqui fica uma das últimas saladinhas que fiz.

Ingredientes:
1 lata de grão
2 latas de atum (ou 1 grande)
1/2 pacote de delícias do mar
1/2 pimento partido em cubinhos
1 cebola pequena em cubinhos
coentros picadinhos
azeite e vinagre a gosto

Preparação:
Colocam-se todos os ingredientes nuna saladeira, aromatiza-se com coentros picadinhos e tempera-se a salada com azeite e vinagre.

Mais fácil é impossível!!

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Jamie, Nigella, Mafalda, Henrique... o que vou fazer sem eles?

Estou tão triste!!!!!!!!!!!!!!!!!

Na ânsia de reduzir custos (pq a minha factura ia perder algumas bonificações estes mês e ficaria a pagar mais 8,00 € por mês) liguei para a Zon e renegociei o contrato. Como cliente antiga, ligaram para aquela linha especializada e consegui um serviço mais completo pelo mesmo preço que estava a pagar!!! Foi bastante bom. Apesar de não ter, propriamente, reduzido custos, pelo menos não aumentaram!!



Mas afinal, infelizmente, para mim isto teve custos!!! E que custos!! Ao trocar a box perdi todas as gravações de programas de culinária que guardava religiosamente...

Jamie, Nigella, Mafalda, Henrique... o que vou fazer sem vocês? Estou mesmo tristinha!!!

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Tarte crocante de maçã

Ando numa de crumbles e tenho feito com várias frutas. É uma sobremesa fresca e bem apetitosa
Desta vez resolvi fazer um crumble mas numa base de massa folhada resultando uma agradável tarte.



Ingredientes:
Crumble:
100 g manteiga
80 g açúcar
150g farinha
50 g nozes
 
Recheio:
Cerca de 6 ou 7 maçãs (sem casca e sem caroços)
40g açúcar amarelo
1 c. chá canela

Preparação:
Crumble:
Primeiro trituram-se as nozes e reservam-se.
Depois coloca-se o resto dos ingredientes no copo da Bimby e programa-se 10 seg/vel 6. Reservar.

Recheio:
Colocar tudo no copo e triturar 5 ou 6 seg na vel 5.

Forrar uma a tarteira untada com óleo em spray com a massa folhada e picá-la com um garfo. Por cima deitar a fruta e alisar.
Por cima distribuir o crumble. E depois as nozes trituradas.
Vai ao forno cerca de 25 minutos ou até estar douradinho e a fruta cozinhada.

Nota: Para a próxima ponho mais nozes e não as trituro tanto. Sim, porque vai haver próxima!!!

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Um dia de cada vez!!

imagem retirada do blog http://isabellaisolani.blogspot.com/
Um dia destes fui ao Continente já tarde, eram quase 22,30 horas. Verifiquei que tinha falta de umas coisinhas e a essa hora despachamo-nos num instante. Às 23h estava na rua!!

Mas não foram as minhas compras que me trouxeram aqui! Neste DIA INTERNACIONAL PARA A ERRADICAÇÃO DA POBREZA apeteceu-me falar sobre algo que nos preocupa a todos... A CRISE!!

Estava eu na charcutaria e aparece uma senhora, já com alguma idade, com um saquinho de pão na mão. Abordou-me e perguntou-me se lhe podia dar um bocadinho de queijo para o pão... fiquei devastada.

A situação deixou-me constrangida e a pensar em toda a situação que se vive neste país e no que mais aí virá!!

Vivemos num país em que os ricos estão cada vez mais ricos, os pobres cada vez mais pobres e em maior número, e a classe média (mola do país noutros tempos) a desaparecer.

Vivemos num país onde se continua a privilegiar o aumento de impostos ao povo em vez de ser taxado o património das grandes fortunas.

Vivemos num país onde os nossos filhos não têm futuro.

Vivemos num país onde continuamos todos a pagar os BPN's, os buracos da Madeira e tantos outros buracos deixados por uma governação de arrogância, egoísmo e prepotência.

Os tempos que se aproximam não vão ser fáceis. Com tanta austeridade a economia do país vai estagnar por completo, as empresas vão fechar, o desemprego vai aumentar e tudo o mais que se sabe. Não se fala de outra coisa!

Sei que vai ser difícil para quem ganha 1000 € (que representam para aí 750 €) prescindir dos Subsídios de férias e Natal, que servem na maioria dos casos para os livros dos míudos, os seguros e todas aquelas despesas extra das famílias...

Mas depois penso: e quem ganha só 500 €? E quem não tem trabalho? E quem tem problemas graves de saúde?

Eu sou daquelas pessoas que acredita que esta crise não é só financeira, esta crise também é uma crise de valores e nós portugueses também somos culpados do que nos está a acontecer... deixámo-nos deslumbrar com uma vida fácil e ficámos à sombra da bananeira a gastar os euros que não eram nossos.

E ainda tenho esperança que esta crise nos vai ajudar a mudar mentalidades. Espero que os valores da família, do afecto, da amizade se sobreponham, de uma vez por todas, aos luxos e às altas tecnologias...

E apesar de ainda estar dormente com as últimas notícias penso que só há uma solução:

Viver um dia de cada vez, enfrentar o dia com um sorriso nos lábios, dar valor às pequenas coisas e acreditar que tudo vai melhorar. O Sol ainda vai brilhar neste cantinho à beira-mar plantado!!!

No filme "O Fabuloso destino de Amélie" diz-se esta frase: "Os tempos estão difíceis para os sonhadores". Eu concordo. Estão difíceis!! Mas não impossíveis!! Afinal que sentido teria a vida se não conseguíssemos sonhar?

Os meus sentimentos em relação a esta crise estão muito baralhados. Hoje penso assim mas sei que amanhã pode bater uma angústia tal que me deprime por completo... Um dia de cada vez!!

Um beijinho a todos os que por aqui passam, uma boa semana e tentem aproveitar a vida o melhor que souberem!!

domingo, 16 de outubro de 2011

Meia Noite em Paris

Quase todas as semanas vou ao cinema mas o comentário que fiz, quando saí da sala sexta à noite, foi: Que saudades eu já tinha de ver um bom filme!!!
Gil a Adriana
Meia noite em Paris é o novo filme de Woody Allen onde ele nos leva até à cidade luz e com uma história cheia de magia  faz o seu melhor filme em anos e dos melhores que vi nos últimos tempos.

O filme retrata a história de um escritor de guiões para cinema, norte-americano, bem-sucedido, mas frustrado, Gil  Pender (interpretado por Owen Wilson e  alter-ego do realizador). O seu sonho é ser escritor e viver em Paris. Ao contrário, a sua  noiva Inez (Rachel McAdams) quer viver em Malibu e detesta a  ideia de deixar os Estados Unidos.  

O fascínio de Gil sobre a cidade leva-o numa viagem até aos anos 20 (época que adora) onde vai conviver com os mais consagrados artistas do último século, nas mais diversas áreas - Scott Fitzgerald, Ernest Hemingway, Cole Porter, Pablo Picasso, Dali e Luis Buñuel – e descobrir-se a si próprio.

Nestas "viagens" vive ainda uma história de amor apaixonando-se por Adriana (Marion Cotillard), uma estudante de alta-costura que teria servido de inspiração para um quadro de Picasso na década de 20. 

É através dela que surge a principal mensagem do filme: Não vale a pena viver insatisfeitos com o presente e valorizar o passado ou imaginar que estávamos melhor se estivéssemos noutro lugar porque a vida é assim mesmo, não importa a época, esta é a nossa, e é nela que existimos e existiremos!!!

Quanto a Paris, saliento a sequência de imagens iniciais lindíssima - 2/3 minutos de imagens da cidade com música - e Woody Allen conseguiu sem dúvida, retratar na perfeição a cor daquela cidade… Simplesmente magnífica!!!

Um filme a não perder!!!

sábado, 15 de outubro de 2011

Bacalhau com natas


Com o inicio das aulas tive de começar a fazer comidinhas que se possam congelar, para o meu filho mais velho levar para a faculdade. Apesar de ele já ir fazendo alguma comida, sabe-lhe sempre bem levar, por exemplo, umas covetes de bacalhau com natas.

Em relação ao bacalhau com natas já o fiz de muitas maneiras. Nos meus principios de dona de casa fazia o bacalhau com natas com batata frita caseira (quadradinhos pequeninos) e bechamel caseiro. Depois, deixei de o fazer e durante muito tempo fiz o bacalhau com natas com batata palha.Quando apareceu o bechamel embalado também o passei a utilizar. Era bem mais prático e rápido... Servia muito bem.

Mas o nosso palato vai apurando e aqui há uns tempos resolvi voltar a fazer o meu bacalhau com natas "à antiga": com quadradinhos de batata frita (caseira ou eventualmente congelada) e bechámel caseiro (uma das maravilhas da Bimby)... Não tem qualquer comparação!!!


Desde essa altura acabou-se a batata palha e o béchamel de pacote. É verdade que dá mais trabalho mas fica tão bom!!!!!

Nota: Apesar de este ser um dos pratos que faz vender a Bimby eu gosto de fazer sempre maiores quantidades (para congelar) e só recorro à Bimby para o béchamel.



Ingredientes:
2 sacos de bacalhau demolhado congelado
7 ou 8 batatas (em alternativa podem usar-se batatas em cubos congeladas)
2 cebolas
4 dentes de alho
1 dl de azeite

Béchamel:
50 g de manteiga 
100 de farinha
1 l de leite
2 dl de natas 
sal,pimenta,noz-moscada q.b

Preparação:
Dá-se uma fervura ao bacalhau em agua temperada com sal.
Retira-se e escorre-se, reservando a agua da cozedura. Reserva-se. 
Descasca-se as batatas, cortam-se em cubinhos e fritam-se em óleo bem quente. Retire-as e coloque-as sobre papel absorvente.
Enquanto as batatas fritam, picam-se as cebolas e os alhos e refogam-se no azeite. Adiciona-se o bacalhau e envolve-se bem. Acrescenta-se um pouco da água de cozer o bacalhau e deixa-se estufar um pouco. Acrescentam-se as batatas já fritas e envolve-se bem.

Prepara-se o molho bechamel (eu faço na Bimby):
Colocam-se todos os ingredientes (excepto as natas) no copo e progama-se 8 min, temp- 90º, vel 4, Depois adiciona.se as natas e programa-se mais 2 min na mesma  velocidade e temperatura. Tetifica-se os temperos e em envolve-se mais uns segundos.

Para quem não tem Bimby, eu antes fazia assim:
Leva-se a manteiga, ao lume, e à medida que vai derretendo junta-se a farinha. Vai-se acrescentando o leite e tempera-se com sal, pimenta e noz-moscada. Sem parar de mexer, deixa-se engrossar. No fim adiciona-se as natas e deixa-se ferver um bocadinho.
Por fim junta-se o bechamel ao preparado de bacalhau com as batatas (eu reservo sempre um pouco de béchamel para pôr no fundo da travessa e por cima do bacalhau) e mistura-se tudo muito bem.

Dispõe-se então um pouquinho de bechamel num tabuleiro de ir ao forno, depois o preparado de bacalhau e por cima o resto do bechamel.

Polvilha-se com pão ralado e vai ao forno cerca de 30 minutos ou até ficar douradinho

Serve-se com uma boa salada.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Frango no forno com alecrim

Embora continue a fazer muito calor, no domingo passado resolvi ligar o forno e fazer este frango que ficou simplesmente... delicioso.


Ingredientes:
1 frango
1 haste de alecrim fresco
3 dentes de alho
1 malagueta
sumo de ½  limão
gengibre
sal
mistura de pimenta moída na hora
vinho branco
azeite
Batatinhas pequenas para assar

Preparação:
Arranje o frango e coloque-o num tabuleiro de ir ao forno.
Num almofariz esmague o alecrim, os alhos, a malagueta e o sal. Aromatize com gengibre ralado, um pouco de sumo de limão e pimenta. Junte azeite e envolva muito bem.
Barre o frango, por dentro e por fora (e até através da pele), com este preparado e regue com vinho branco.  Reserve por cerca de uma hora e só depois leve ao forno.
Enquanto o frango vai assando, coloque ao lume um tacho com água, sal, 1 dente de alho esmagado, 1 folha de louro e uma haste pequena de alecrim. Coza as batatas durante cerca de 7 minutos.
Entretanto, juntam-se as batatas ao frango e continua a assar. Convém ir sempre regando com o molho.
Se o molho começar a secar pode acrescentar-se um pouquinho de água.
Acompanhei com uma saladinha de alface.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Salada russa à minha moda

Com este calor que teima em não desarmar, em vez de já andarmos a fazer comidinhas reconfortantes de Outono continuamos a fazer saladas.

Desta vez saiu uma misturada que ficou um espectáculo.

A foto foi tirada antes do tempero final, depois... esqueci-me!!!
Ingredientes:
Batatas
Cenouras
Ervilhas
Atum
Delicias do mar
Tomate
Ovos cozidos
1 dente de alho
1 folha de louro
Sal
Azeite e vinagre ou maionaise
Coentros
Cebola

Preparação:
Cozem-se as batatas aos quadradinhos, as cenouras às rodelas e as ervilhas, em água temperada com sal e aromatizada com um dente de alho esmagado e uma folha de louro. Depois de cozido escorre-se e deixa-se arrefecer.
Cozem-se também os ovos.
Depois de tudo frio, coloca-se as batatas, as cenouras e as ervilhas numa taça ou travessa e junta-se o atum, as delícias do mar às rodelas, o tomate e os ovos aos quadrados.
Tempera-se com azeite, vinagre e coentros picadinhos (o meu marido põe também cebola picada).

Nota: Em alternativa pode ser temperado com maionese mas caloricamente... upa, upa!!!

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Estufadinho de frango com alecrim e alho francês

Este calor fora de época deixa-me fora de mim. Ando tão cansada que nem parece que gozei férias à tão pouco tempo. Isso faz com que os muitos afazeres que tenho tido demorem o dobro do tempo a fazer e quem tem sido prejudicado é o blog. Mas para não se esquecerem de mim cá está uma receitinha que resultou muito bem cá em casa.

Frango é, sem dúvida das refeições que mais faço cá em casa. Para além de económico e saboroso, o frango é extremamente versátil. Podemos fazer frango todos os dias e obtemos sempre pratos diferentes.


Ingredientes:
1 frango partido para guisar
1 haste de alecrim
2 dentes de alho picadinhos
1 tomate cortado em cubos
1/2 alho francês
1 malagueta
1/2 copo de vinho bramco
azeite
sal

Preparação:
Numa frigideira funda coloquei um fio de azeite e o frango previamente arranjado, limpo e cortado.
Por cima fui deitando os temperos: as folhas de alecrim, os alhos picadinhos, o tomate, o alho francês em tiras, a malagueta, o sal e o vinho branco. Envolvi um pouco e reguei com um fio de azeite.
Deixei apurar os temperos durante cerca de duas horas.
Depois, com a tampa colocada na frigideira deixei o frango estufar, dando uma mexidela, de vez em quando.
Quando o frango estava cozinhado, retirei a tampa e deixei apurar e secar um pouco o molho.

Ficou delicioso!!!

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Bolachas de chocolate

E sairam da minha cozinha mais umas bolachinhas para a latinha que já estava a ficar vazia.

É uma receita que não sei bem de onde tirei mas que andava cá por casa num papelinho. Em boa hora o encontrei porque ficaram muito boas. Desapareceram num instante e o meu filho já me pediu para repetir a dose. Como amanhã já é fim-de-semana lá terei de preparar o tabuleiro!!!



Ingredientes:
50g de cacau em pó
50g de chocolate em pó
200g de açúcar
75ml de óleo
4 ovos
2 colheres de sobremesa de açúcar baunilhado
250g de farinha
2 colheres de chá de fermento
1/2 colher de chá de sal fino
açúcar em pó q.b

Preparação:
Num recipiente juntar o cacau, o chocolate,o açúcar e o óleo e bater.
Adicionar os ovos um a um e mexer bem entre cada adição. Acrescentar a baunilha e envolver.
Noutro recipiente misturar a farinha, o fermento e o sal e adicionar ao preparado anterior.
Formar uma bola e levar ao frigorífico envolvido em película aderente por mais ou menos 4 horas.
Ligar o forno a 180ºc e forrar um tabuleiro com papel vegetal.
Formar bolinhas com a massa e envolver bem em açúcar em pó.
Levar ao forno a cozer cerca de 15 min.

Nota: Não deixar cozer muito para não ficarem muito duras. Devem estar fofas ao toque.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Lombinhos de porco grelhados com alecrim e legumes estufados

Para variar, ando sempre às voltas com a célebre pergunta: o que vou fazer para o jantar?
Ontem passei pelo supermercado e vi uns lombinhos de porco mesmo a pedir grelhador.. Comprei e alguma coisa havia de sair.
Faltava o acompanhamento. Não apetecia nada muito pesado e como tinha legumes em casa alguma coisa se havia de arranjar.

E arranjou:

Lombinhos grelhados com alecrim acompanhados com mistura de legumes estufados... Delicioso!!!



Ingredientes:
1 lombinho de porco
1 haste de alecrim
1 dente de alho grande
azeite
sa

Para os legumes:
1 cebola
1 dente alho
1/2 alho francês
1/2 repolho
1 courgete
1 tomate
1 cenoura
azeite
sal

Preparação:
Num almofariz bate-se grosseiramente o alho com o alecrim e um pouco de sal. Adiciona-se o azeite e envolve-se bem. Corta-se o lombinho e tempera-se com o molho de alecrim. Deixa-se repousar um pouco.
Entretanto, vão-se arranjando e lavando os legumes.
Na wok coloca-se um fio de azeite, a cebola laminada, o alho picadinho e o alho francês em tirinhas. Aloura um pouquinho e junta-se a cenoura. Envolve-se um pouco e deixa-se cozer 1 ou 2 minutos. De seguida junta-se o repolho e a courgete e envolve-se bem. Por fim coloca-se o tomate em cubos. Mexe-se bem, coloca-se a tampa e deixa-se cozer os legumes, voltando a mexer de vez em quando.
Enquanto os legumes acabam de estufar aquece-se a frigideira e grelham-se os lombinhos.
Serve-se de imediato.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Espirais à bolonhesa no forno

Sem dúvida que as massas são sempre uma alternativa para quando não sabemos o que fazer para o jantar.

Passei pelo talho e levei carne picada, mas o meu esquisitinho não gosta de bolonhesa. Faz sempre fita!!

Lembrei-me de lhe dar uma roupagem nova e não é que o rapaz até gostou... e nós também. Para a próxima marcha assim!!!


Ingredientes:
Massa espirais
Carne picada
1 cebola
2 dentes de alho
2 tomates maduros
calda de tomate
vinho branco
azeite
1 malagueta
sal
1 pacote de mozarella

Preparação:
Coze-se a massa em água temperada com sal e com um fio de azeite de acordo com tempo indicado do fabricante.
Entretanto prepara-se a carne:
Pica-se a cebola e o alho e vai a refogar com um fio de azeite.
Deixa-se alourar e de seguida junta-se a carne picada.
Vai-se mexendo e envolvendo bem até a carne cozinhar. Tempera-se com  sal e piri-piri, junta-se um pouco de vinho branco e vai-se continuando a envolver.
Junta-se o tomate em cubos e um pouco de calda de tomate para dar cor e deixa-se apurar, mexendo uma vez por outra.
Se começar a secar pode acrescentar-se um pouco de água.
Depois de cozida, escorre-se a massa e junta-se ao preparado de carne. Envolve-se bem e mistura-se ainda ½ pacote de mozarella.
Coloca-se num tabuleiro de ir ao forno e cobre-se com a restante mozzarella.
Vai ao forno até derreter o queijo e serve-se de imediato.

domingo, 25 de setembro de 2011

Bolachas de limão

Lembram-se destas bolachinhas de limao e canela ? Então cá está mais uma sugestão para encher as latinhas!!!
Pois é, como o meu marido adora bolachinhas de limão resolvi fazê-las e não polvilhar com o açucar e canela. Ficaram excelentes, claro!!!

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Camarão no forno

Os jantares de fim-de-semana cá em casa são normalmente uns petisquinhos.

No fim-de semana passado, tinha uns camarões no congelador mas não me apeteceu nem cozer nem fritar. Coloquei uns temperos e levei ao forno... Ficou bem bom!!!


Ingredientes:
1 kg de camarão,
3 dentes de alho,
2 malaguetas,
raspa de gengibre,
2 colheres de mostarda,
1 cálice de wisky ou aguardente,
sal,
azeite,
Sumo de 1 limão.

Preparação:
Regar o fundo de uma assadeira com um fio de azeite.
Depois de descongelado, à temperatura ambiente, colocar o camarão na assadeira e temperar com o alho picado, as malaguetas picadas, a raspa de gengibre, a mostarda e o sal . Regar com um pouco de wisky e um fio de azeite.
Pré aquecer o forno a 200º, e levar assar por cerca de 15 minutos.
Depois de assados, regar os camarões com o sumo de limão e serve-se de imediato.

Com umas fatias de pão torrado é mesmo um belo petisco.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Folhado de pêra com queijo

A revista Momentos de Partilha da Bimby deste mês tem umas receitinhas bem boas.Como as pêras continuam a abundar cá por casa resolvi experimentar esta tarte.

Para variar, faltava um ingrediente: Queijo creme, mas tinha Ricotta!!

Ah! e não me apeteceu fazer tarteletes. Fiz mesmo uma tarte grande.

Feitas as substituições saiu esta beleza!!



Ingredientes:
Massa folhada (eu usei de compra)
4 pêras  médias (a receita original refere apenas 4 mas achei pouco levou pelo menos 6).
200gr queijo creme (usei ricota pq era o que tinha)
1 colher chá açúcar baunilhado
raspa de 1/2 limão
açúcar amarelo q.b. para polvilhar
canela q.b. para polvilhar

Preparação:
No copo da bmby coloca-se 100gr de pêra, o queijo, o açucar baunilhado e a raspa de limão. Pica-se 10seg/vel5
Coloque a massa folhada num tabuleiro (aproveite o papel vegetal que a enrola na embalagem para forrar o tabuleiro) ou divida a massa por forma a fazer várias tartes pequeninas. Pica-se a massa folhada com um garfo e dobra-se as extremidades.
Recheia-se a massa folhada com o preparado de pêra e queijo, e dispõe-se por cima as pêras fatiadas. Polvilha-se com o açucar e a canela e vai ao forno cerca de 25 minutos.

Vai uma fatia?