sexta-feira, 30 de Setembro de 2011

Bolachas de chocolate

E sairam da minha cozinha mais umas bolachinhas para a latinha que já estava a ficar vazia.

É uma receita que não sei bem de onde tirei mas que andava cá por casa num papelinho. Em boa hora o encontrei porque ficaram muito boas. Desapareceram num instante e o meu filho já me pediu para repetir a dose. Como amanhã já é fim-de-semana lá terei de preparar o tabuleiro!!!



Ingredientes:
50g de cacau em pó
50g de chocolate em pó
200g de açúcar
75ml de óleo
4 ovos
2 colheres de sobremesa de açúcar baunilhado
250g de farinha
2 colheres de chá de fermento
1/2 colher de chá de sal fino
açúcar em pó q.b

Preparação:
Num recipiente juntar o cacau, o chocolate,o açúcar e o óleo e bater.
Adicionar os ovos um a um e mexer bem entre cada adição. Acrescentar a baunilha e envolver.
Noutro recipiente misturar a farinha, o fermento e o sal e adicionar ao preparado anterior.
Formar uma bola e levar ao frigorífico envolvido em película aderente por mais ou menos 4 horas.
Ligar o forno a 180ºc e forrar um tabuleiro com papel vegetal.
Formar bolinhas com a massa e envolver bem em açúcar em pó.
Levar ao forno a cozer cerca de 15 min.

Nota: Não deixar cozer muito para não ficarem muito duras. Devem estar fofas ao toque.

quarta-feira, 28 de Setembro de 2011

Lombinhos de porco grelhados com alecrim e legumes estufados

Para variar, ando sempre às voltas com a célebre pergunta: o que vou fazer para o jantar?
Ontem passei pelo supermercado e vi uns lombinhos de porco mesmo a pedir grelhador.. Comprei e alguma coisa havia de sair.
Faltava o acompanhamento. Não apetecia nada muito pesado e como tinha legumes em casa alguma coisa se havia de arranjar.

E arranjou:

Lombinhos grelhados com alecrim acompanhados com mistura de legumes estufados... Delicioso!!!



Ingredientes:
1 lombinho de porco
1 haste de alecrim
1 dente de alho grande
azeite
sa

Para os legumes:
1 cebola
1 dente alho
1/2 alho francês
1/2 repolho
1 courgete
1 tomate
1 cenoura
azeite
sal

Preparação:
Num almofariz bate-se grosseiramente o alho com o alecrim e um pouco de sal. Adiciona-se o azeite e envolve-se bem. Corta-se o lombinho e tempera-se com o molho de alecrim. Deixa-se repousar um pouco.
Entretanto, vão-se arranjando e lavando os legumes.
Na wok coloca-se um fio de azeite, a cebola laminada, o alho picadinho e o alho francês em tirinhas. Aloura um pouquinho e junta-se a cenoura. Envolve-se um pouco e deixa-se cozer 1 ou 2 minutos. De seguida junta-se o repolho e a courgete e envolve-se bem. Por fim coloca-se o tomate em cubos. Mexe-se bem, coloca-se a tampa e deixa-se cozer os legumes, voltando a mexer de vez em quando.
Enquanto os legumes acabam de estufar aquece-se a frigideira e grelham-se os lombinhos.
Serve-se de imediato.

terça-feira, 27 de Setembro de 2011

Espirais à bolonhesa no forno

Sem dúvida que as massas são sempre uma alternativa para quando não sabemos o que fazer para o jantar.

Passei pelo talho e levei carne picada, mas o meu esquisitinho não gosta de bolonhesa. Faz sempre fita!!

Lembrei-me de lhe dar uma roupagem nova e não é que o rapaz até gostou... e nós também. Para a próxima marcha assim!!!


Ingredientes:
Massa espirais
Carne picada
1 cebola
2 dentes de alho
2 tomates maduros
calda de tomate
vinho branco
azeite
1 malagueta
sal
1 pacote de mozarella

Preparação:
Coze-se a massa em água temperada com sal e com um fio de azeite de acordo com tempo indicado do fabricante.
Entretanto prepara-se a carne:
Pica-se a cebola e o alho e vai a refogar com um fio de azeite.
Deixa-se alourar e de seguida junta-se a carne picada.
Vai-se mexendo e envolvendo bem até a carne cozinhar. Tempera-se com  sal e piri-piri, junta-se um pouco de vinho branco e vai-se continuando a envolver.
Junta-se o tomate em cubos e um pouco de calda de tomate para dar cor e deixa-se apurar, mexendo uma vez por outra.
Se começar a secar pode acrescentar-se um pouco de água.
Depois de cozida, escorre-se a massa e junta-se ao preparado de carne. Envolve-se bem e mistura-se ainda ½ pacote de mozarella.
Coloca-se num tabuleiro de ir ao forno e cobre-se com a restante mozzarella.
Vai ao forno até derreter o queijo e serve-se de imediato.

domingo, 25 de Setembro de 2011

Bolachas de limão

Lembram-se destas bolachinhas de limao e canela ? Então cá está mais uma sugestão para encher as latinhas!!!
Pois é, como o meu marido adora bolachinhas de limão resolvi fazê-las e não polvilhar com o açucar e canela. Ficaram excelentes, claro!!!

sexta-feira, 23 de Setembro de 2011

Camarão no forno

Os jantares de fim-de-semana cá em casa são normalmente uns petisquinhos.

No fim-de semana passado, tinha uns camarões no congelador mas não me apeteceu nem cozer nem fritar. Coloquei uns temperos e levei ao forno... Ficou bem bom!!!


Ingredientes:
1 kg de camarão,
3 dentes de alho,
2 malaguetas,
raspa de gengibre,
2 colheres de mostarda,
1 cálice de wisky ou aguardente,
sal,
azeite,
Sumo de 1 limão.

Preparação:
Regar o fundo de uma assadeira com um fio de azeite.
Depois de descongelado, à temperatura ambiente, colocar o camarão na assadeira e temperar com o alho picado, as malaguetas picadas, a raspa de gengibre, a mostarda e o sal . Regar com um pouco de wisky e um fio de azeite.
Pré aquecer o forno a 200º, e levar assar por cerca de 15 minutos.
Depois de assados, regar os camarões com o sumo de limão e serve-se de imediato.

Com umas fatias de pão torrado é mesmo um belo petisco.

quinta-feira, 22 de Setembro de 2011

Folhado de pêra com queijo

A revista Momentos de Partilha da Bimby deste mês tem umas receitinhas bem boas.Como as pêras continuam a abundar cá por casa resolvi experimentar esta tarte.

Para variar, faltava um ingrediente: Queijo creme, mas tinha Ricotta!!

Ah! e não me apeteceu fazer tarteletes. Fiz mesmo uma tarte grande.

Feitas as substituições saiu esta beleza!!



Ingredientes:
Massa folhada (eu usei de compra)
4 pêras  médias (a receita original refere apenas 4 mas achei pouco levou pelo menos 6).
200gr queijo creme (usei ricota pq era o que tinha)
1 colher chá açúcar baunilhado
raspa de 1/2 limão
açúcar amarelo q.b. para polvilhar
canela q.b. para polvilhar

Preparação:
No copo da bmby coloca-se 100gr de pêra, o queijo, o açucar baunilhado e a raspa de limão. Pica-se 10seg/vel5
Coloque a massa folhada num tabuleiro (aproveite o papel vegetal que a enrola na embalagem para forrar o tabuleiro) ou divida a massa por forma a fazer várias tartes pequeninas. Pica-se a massa folhada com um garfo e dobra-se as extremidades.
Recheia-se a massa folhada com o preparado de pêra e queijo, e dispõe-se por cima as pêras fatiadas. Polvilha-se com o açucar e a canela e vai ao forno cerca de 25 minutos.

Vai uma fatia?

quarta-feira, 21 de Setembro de 2011

Bolachas de aveia e maçã

Começaram as aulas e é sempre bom ter umas bolachinhas para quando os meninos chegam a casa.

Este fim-de-semana, como tinha a latinha vazia, fiz esta receita adaptada do programa Cook Yourself Thin que passa na Sic Mulher e tem umas receitas interessantes e um pouco menos calóricas.

Estas bolachas, mesmo assim, acho que podem levar um bocadinho menos de açucar e, entre outras pequenas alterações, eu reduzi a manteiga em relação à receita original.

Ingredientes:
2 colheres de sopa de manteiga sem sal, a temperatura ambiente
1  maçã cozida (puré de maçã na receita original)
100 g de açúcar mascavado
100g açúcar branco
1 colher de chá de sal
1 ovo grande
1 clara de ovo
1 dl de leite
2 colheres de chá de essência de baunilha
2 chávenas de farinha de trigo
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
2 colheres de chá de canela (a receita original só leva 1 mas eu adoro canela)
2 chávenas de aveia

Preparação:
Coze-se a maçã com um pouco de água e uma colher de sopa de açucar amarelo. Vai-se mexendo e retira-se quando está já cozida. (a receita original era com puré de maçã mas eu juntei a maçã antes de a reduzir a puré)
Na batedeira bate-se a manteiga, a maçã, os açúcares e o sal até formar um creme. Junta-se o ovo e a clara de ovo, o leite e a baunilha.
Numa tigela, mistura-se a farinha, o bicarbonato de sódio e a canela.
Adiciona-se à massa, e bate-se apenas até que a farinha seja absorvida pelo creme. Juntar a aveia e envolver (eu bati bem porque tenho cá em casa um esquisitinho que não ía achar muita piada aos flocos de aveia).
Liga-se o forno e forra-se um tabuleiro com papel vegetal.
Com uma colher de gelado colocam-se bolinhas no tabuleiro e vai ao forno a cozer cerca de 20 a 25 minutos.

Ficam uns biscoitos bem saborosos e macios.

terça-feira, 20 de Setembro de 2011

Passatempo da Mariana "O meu aniversário, o vosso bolo"


Olá Mariana

Andei às voltas a pensar que bolo havia de te sugerir. Depois de muito pensar, optei por este bolo que fez um enorme sucesso cá em casa no Natal passado, mas que apenas o coloquei aqui no blog há pouco tempo. É um bolo de amêndoa com cobertura de doce de ovos que também fica óptimo se for feito com nozes.



Como não tenho grande arte para decorações este bolo é bom, fica bonitinho e é fácil de decorar. Neste caso basta substituir o pai natal por uma decoração de aniversário.

Espero que gostes da sugestão.

Frango com tomate e mangericão no forno

Eu que sou a Maria dos assados no forno, não tenho publicado nada deste género.
Ao dar a volta às fotos vi este frango, que já foi feito há algum tempo, mas ficou tão bom que não posso deixar de o mostrar aqui.

Ingredientes:
1 frango partido em 4
1 cebola
2 dentes de alho
1 tomate grande
1 tira de pimento
folhas de manjericão
vinagre balsâmico
sal e pimenta
azeite

Preparação:
Tempera-se o frango com sal e pimenta e coloca-se no tabuleiro previamente regado com um fio de azeite.
Por cima, coloca-se a cebola fatiada em meias luas, os alhos picados, o tomate em cubos, a tira de pimento em tirinhas pequenas e as folhas de mangericão. Rega-se com um pouco de vinagre balsâmico e um fio de azeite.
Deixa-se repousar coberto com uma folha de alumínio, para que o frango absorva bem os sabores dos temperos.
Depois leva-se ao forno a assar.


A cozinha portuguesa é óptima mas os italianos também não ficam nada mal na fotografia!!!!!
Adoro mangericão e tomate... É uma combinação que resulta muito bem!!

segunda-feira, 19 de Setembro de 2011

Lombo de porco grelhado com molho de alecrim

Se de um lombo de porco fizermos medalhões, ficamos com uma carne demasiado seca para grelhar. Mas um amigo meu, que tem um talho, ensinou-me que se fatiarmos o lombo ao atravessado obtemos uma carne saborosissima e muito menos seca. É a mesma peça de carne, apenas difere o corte, mas faz mesmo toda a diferença. A carne fica bem mais suculenta.

Para o almoço de ontem tinha umas fatias deste lombo para grelhar, mas para lhe dar um toque diferente apeteceu-me fazer um molho que se revelou uma delícia.


Ingredientes:
5 fatias lombos de porco
1 raminho de alecrim
2 dentes de alho
1 colher de sobremesa de mpstarda antiga
Azeite
Sal
Pimenta em grão moída na hora

Preparação:
Tempera-se o lombo com sal e pimenta e deixa-se repousar um pouco.
Num almofariz coloca-se o alecrim (retiram-se as hastes) com um bocadinho (pouco) de sal e bate-se com o pilão para desfazer o alecrim. Depois juntam-se os alhos e continua a bater-se  até envolver ambos os ingredientes. Junta-se o azeite e a mostarda e envolve-se bem até ficar um género de uma pasta.
Entretanto põe-se a carne a grelhar. Quando está praticamente grelhado cobre-se com a pasta de alecrim e volta a pôr-se na  frigideira mais um pouquinho para a carne se fundir com os aromas do molho.
Acompanha-se com batatas fritas ou arroz e uma saladinha.

domingo, 18 de Setembro de 2011

Pizza ou Bruscheta? Para mim é jantar de domingo!

A minha costela alentejana faz-me ser uma grande apreciadora de pão por isso é uma coisa que nunca falta cá em casa. No entanto, não sei se é comum em muita casas, mas na minha às vezes não chega e outras vezes sobra imenso pão.

Uma das coisas que me faz muita confusão é estragar pão, por isso gosto de aproveitar o pão que sobra.

Esta é uma das soluções. Fica óptimo com qualquer pão mas os meus filhos preferem quando utilizo baguetes.

É uma espécie de pizza parecida com bruscheta. É muito bom e os míudos gostam muito.
Antes de ir ao forno
Ingredientes:
8 fatias de pão ou 4 baguetes abertas ao meio
molho de tomate
Recheio: o que apetecer ou houver no frigorífico e despensa - fiambre, bacon, chourição, cogumelos, atum, milho....
1 embalagem de queijo mozarella ralado
oregãos

Preparação:
Forra-se o tabuleiro de forno com papel vegetal e colocam-se as fatias de pão. Pincelam-se com molho de tomate (se for caseiro melhor) e vão-se colocando os ingredientes do recheio a gosto e polvilha-se com oregãos.
Cobre-se com queijo mozarella, e vai ao forno até derreter o queijo e corar um pouquinho.

Uma excelente solução para um jantar de domingo.

Acabadinho de sair do forno

sexta-feira, 16 de Setembro de 2011

Pão com mistura de farinhas

Eu que gosto tanto de pão (costela alentejana, não havia de gostar!!!) cheguei à conclusão que nunca tinha aqui deixado nenhum pãozinho.

Não sou grande padeira mas às vezes gosto de fazer umas misturas de farinhas que resultam bem. Nunca uso as farinhas pré-preparadas sózinhas, misturo-as sempre com farinha de trigo sem fermento na proporção de entre 200 a 250 g de farinha pré-preparada para entre 280 e 330 de farinha de trigo. Penso que as farinhas pré-preparadas não são nada baratas e misturadas fica muito mais económico, sem que se perca na qualidade.

As farinhas que normalmente gosto de misturar são as de sementes de girassol quer do Aldi (preferencialmente) quer do Lidl. Mas um dia destes descobri da marca Continente farinha de soja. Toca a misturar tudo!!!

Então não é que saiu um pãozinho bem saboroso!!!


Ingredientes:
270g de farinha de trigo
130g farinha de soja
130g farinha de sementes de girassol do Aldi
330 ml de água
sal a gosto

Preparação:
Na cuba da máquina de pão colocar a água e o sal.
Pesar as farinhas e juntar à agua e sal.
Programar a máquina (a minha é do Lidl) no programa 1 - Normal.

Depois é só esperar que o cheirinho do pão a cozer invada a cozinha e depois de pronto e antes que arrefeça, preparar a faca, a manteiga!!!!

quinta-feira, 15 de Setembro de 2011

Torta de frango

Não tenho o hábito de ver novelas, não tenho sequer paciência para aqueles enredos que não passam do mesmo com os maus muito maus e os bons muito bonzinhos. Mas - há sempre um mas - na SIC, ao fim da tarde passam normalmente umas novelas brasileiras com alguma piada e que depois de um dia de trabalho sabe bem ver. Enquanto faço o jantar ligo a televisão e vou vendo um episódio por outro.

Aqui há tempos passou uma novela onde uma tal de Dª Socorro (personagem interpretada pela Elisabeth Savalla - a Malvina da Gabriela que as mais "velhotas" se devem lembrar) fazia uma torta de frango que toda a gente elogiava. Fiquei muito curiosa e fui perguntando a alguns brasileiros que se têm cruzado comigo se sabiam o que era mas sem grande sucesso.

Um dia destes lembrei-me de pedir ajuda a uma blogueira e a Josy foi impecável. Cá está a bela da Torta de frango. Obrigada Josy.

Não é o que eu imaginava mas é bastante boa.

Ingredientes:
1 copo de iogurte natural
1 chávena (chá) de leite
2 ovos
2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
Sal a gosto
1 chávena (chá) de óleo
2 1/2 chávena (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
400 g de peito de frango temperado, cozido e desfiado
2 tomates sem pele e sem semente cortados em cubos
Orégano
a gosto
200 g de queijo mozzarela cortada em fatias (usei ralado)

Preparação:
Massa:
Prepare a massa no liquidificador.
Bate-se o iogurte, o leite, os ovos, o queijo, o sal e o óleo.
Mistura-se a farinha e o fermento.

Recheio:
Numa tigela, mistura-se o frango, o tomate e tempera-se com orégãos.


Num tabuleiro de ir ao forno untado com margarina, coloca-se metade da massa, o recheio, o queijo mozzarella e cobre-se tudo com o resto da massa.
Vai a cozer ao forno, pré-aquecido, a 200 ºC por 30 minutos ou até dourar.

Nota: Apesar de bastante boa achei um pequeno defeito que para a próxima vou corrigir. Tenho de fazer mais quantidade de recheio porque achei que tinha demasiada massa.

Patê Misto

Chamo-lhe patê misto porque normalmente faz-se patê de atum ou patê de delícias do mar... Eu gosto de misturar as duas coisas.

Ingredientes:
1 lata de atum
1/2 embalagem de delicias do mar
Maionese
1 ovo cozido
pickles (a olho)
coentros

Preparação:
Colocar na Bimby ou numa picadora os pickles e picar bem picadinhos.
Juntar o atum, o ovo e as delicias do mar e picar mais um bocadinho.
Adicionar a maionaise e envolver bem.
Por fim juntar um pouco de coentros picados e voltar a envolver.
Servir com tostinhas.

Muito bom para os petisquinhos de fim-de-semana!!!

sexta-feira, 9 de Setembro de 2011

Crumble de figo e pera

Vi na última revista Bimby Momentos de partilha um crumble de maçã e ameixas que me agradou imenso, mas o que eu tinha em excesso era figos e peras, porque não experimentar?

Valeu a pena, ficou mesmo muito bom. A parte do crumble é excelente e sem dúvida é para repetir com outras frutas.



Ingredientes:
100 g de flocos aveia
100 g de farinha trigo integral
100 g de manteiga
80 g de açúcar amarelo
50 g de amêndoa
400 g de pêra, cortadas em quartos e sem caroços
400 g de figos, cortados em quartos

Preparação:
Coloca-se no copo os flocos de aveia, a farinha, a manteiga, o açúcar e a amêndoa e programa-se 30 seg/vel 4. Retira-se e reserva-se.
Juntam-se as peras e os figos e pica-se 4 seg/vel 5.
Deita-se a fruta num tabuleiro de ir ao forno (25 x 25 cm) e cobre-se com o preparado reservado.
Vai ao forno cerca de 30 minutos ou até estar dourado.
Pode acompanhar com gelado mas sem gelado também é bom!!!!.

Bom fim-de-semana!!!

quinta-feira, 8 de Setembro de 2011

Doce de figo

Nunca fui grande fã de figos mas este ano, não me perguntem porquê, têm-me sabido tão bem.

Já o doce de figo provei pela primeira vez este ano e foi amor à primeira colherada.Comprei um frasquinho de uma marca que tem doces muito bons: "Sabores do Campo". O único defeito foi que o achei demasiado doce, por isso resolvi, de imediato, que tinha de fazer uns frasquinhos em casa. Como me deram uns figuinhos que já estavam a ficar um pouco maduros, o seu destino foi... doce!!!!

Antes que eles acabem tenho de fazer mais um bocadinho porque esta porção rendeu apenas 2 frasquinhos.


Ingredientes:
650g de figos
250 g açucar louro
2 paus de canela.

Preparação:
Lavam-se bem os figos, retira-se-lhes o pé e cortam-se em quartos.
Colocam-se os figos na bimby junto com o açucar e trituram-se 6 seg na vel 5.
Depois juntam-se os paus de canela e programa-se 25 min. 100º vel colher inversa.
Depois programa-se mais 10 min temp Varoma na mesma velocidade para secar um pouco.
No final retiram-se os paus de canela e coloca-se o doce em frascos previamente esterilizados (Eu lavo muito bem com água a ferver e depois coloco-os 5 min no micro-ondas)
Depois de bem fechados os frascos são deixados de tampa para baixo para ganhar vácuo e evitar que o doce se estrague (ganhe bolor).

quarta-feira, 7 de Setembro de 2011

Bolachinhas de limão e canela


Aqui há tempos tinha comprado uns cortadores novos na Casa e ainda não os tinha utilizado... Ai o Verão!!!!

Quando vi estas bolachinhas no blog "entrefraldasepanelas" decidi ir a correr para a cozinha e fazê-las de imediato. Limão e canela pareceu-me uma mistura bem saborosa e não me enganei nada… Deliciosas!!!

Digam lá que não ficaram tão lindinhas!!!!
Ingredientes:
2 ovos
175gr de açúcar amarelo
175gr de manteiga derretida
600gr de farinha com fermento
Raspa de 1 limão
30ml de sumo de limão

Preparação:
Colocar na Bimby a casca de limão e triturar 10 seg vel 6/7.
Adicionar o açúcar, os ovos e a margarina e bater 5 min vel 4. Temp 37º.
Juntar o sumo de limão e envolver mais uns seg na mesma velocidade.
Por fim misturar a farinha, envolver 20 seg na vel 6 e depois amassar 2 min na vel espiga.
Enrolar em película aderente e colocar no congelador cerca de 15m.
Retirar e estender na bancada com a ajuda do rolo, deixando uma altura de cerca de 1cm.
Recortar bolachinhas com um cortador a gosto, pincelar com ovo batido e polvilhar com açúcar e canela a gosto.
Levar ao forno (a +-180º) em tabuleiro forrado com papel vegetal cerca de 15m.

Nota: A receita original não foi feita na Bimby mas eu adaptei-a e correu bem.

sexta-feira, 2 de Setembro de 2011

Bolo de amêndoa com doce de ovos

E como já referi antes, na falta de receitas actuais fui dar volta às fotos antigas!!!

Então não é que ainda não tinha postado um dos bolos que mais sucesso fez no Natal passado.

Mas como:

- Aproxima-se o Outono e o que nos vai começar a apetecer é enroscar no sofá com um belo filme ou livro e uma bela fatia de bolo;
- O tempo passa tão depressa que não tarda está aí mais um Natal;
- Natal é quando um homem quiser e para comer este bolo nem é preciso ter vontade;

Cá vai...

Bolo:

Ingredientes:
100 grs de amêndoa com pele
100 grs de amêndoa sem pele 
200 grs de margarina
300 grs de açúcar
150 grs de farinha
6 ovos
1 c. de chá de fermento tipo Royal

Preparação:
No copo da Bimby deitam-se as amêndoas inteiras, com e sem pele, e trituram-se 30 segundos, na velocidade 5-6-7. Retira-se e reserva-se.
Deitam-se no copo os ovos, o açúcar e a margarina e programa-se 3 minutos, temperatura 37º, velocidade 3. Quando terminar o tempo, coloca-se a "borboleta" nas lâminas e volta a bater-se 3 minutos, velocidade 3 1/2.
Tira-se a "borboleta" e deita-se a amêndoa ralada, misturando de seguida 1o segundos, velocidade 4. Junta-se a farinha e o fermento e mistura-se 15 segundos, velocidade 4.
Deita-se numa forma previamente untada e enfarinhada e vai ao forno a 180º cerca de 40 minutos.

Doce d’ovos

Ingredientes
250 gr de açúcar

6 gemas
1 claras
2,5 dl de água
casca de limão

Preparação (na Bimby)
Juntar todos os ingredientes no copo e programar 8 min, 90º, vel 4.

Nota: Às vezes faço este bolo substituindo a amêndoa por nozes... Também fica excelente!!!

quinta-feira, 1 de Setembro de 2011

Bolo de S.Nicolau ou bolo molhadinho

Com o Verão e as férias a minha cozinha tem andado meio em banho Maria, no entanto, ao dar volta às fotos verifiquei que ainda não tinha colocado aqui este bolinho... Imperdoável porque é muito bom!!!!
Este bolo é mais uma das receitas bem antigas do livrinho de receitas da minha mãe. Nunca entendi muito bem o porquê do  nome do bolo... nós normalmente chamávamos-lhe "Bolo molhadinho".

Não sei porquê foi caindo no esquecimento e já não o fazia há imenso tempo, até porque perdi o norte a um caderninho de receitas antigo onde ele estava e quando ia a casa da minha mãe esquecia-me sempre de trazer a receita.

Um dia destes lembrei-me e agora que a tenho é um daqueles bolos a fazer muitas vezes, tal como era um dos bolos que a minha mãe mais fazia. É muito bom!!!!!!!



Ingredientes:
Bolo:
150g de açucar
125g farinha
1 colher de chá de fermento royal
4 ovos
100 g de margarina

Molho:
0.25dl de leite
6 coheres de açucar
1 colher de margarina

Preparação:
Bolo:
Mistura-se o açucar com as gemas e bate-se bem até ficar em creme. Depois adiciona-se a margarina e volta a bater-se bem. A seguir juntam-se as claras, alternando com a farinha. Envolve-se tudo e vai ao forno a cozer em forma untada de margarina e polvilhada com farinha (eu ultimamente uso o óleo em spray Espiga).
Quando estiver cozido retira-se do forno e sem tirar da forma pica-se o bolo com um palito e deita-se por cima o molho que entretanto foi preparado. Deixa-se embeber um bocadinho dentro da forma e só depois se desenforma.

Molho:
Juntam-se todos os ingredientes e leva-se ao lume até ferver.