quinta-feira, 30 de Dezembro de 2010

Feliz 2011


Como o 2011 não se avizinha fácil o melhor é pormos um foguete nos pés e desejar que ele passe depressa.

Mas em todo o caso vamos tentar todos fazer um esforço para endireitar este país e acima de tudo SER FELIZES!!!!

Um Bom 2011

Passagem do Ano

Não tenho qualquer vontade de celebrar a Passagem do Ano. Nunca liguei a esta data e cada vez mais acho que é um dia como os outros.

Choca-me que com a situação em que o país se encontra se continue a gastar tanto numa noite. Mas será que há mesmo crise? Só para alguns porque os restantes vão encher os hoteis, os restaurantes, as festas onde vão comer o mesmo que comeriam no dia seguinte mas pagar 4 ou 5 vezes mais. Enfim... é o país que temos!!!!

Para mim,  2010 foi um ano muito mau. Não posso dizer que foi o pior da minha vida, porque o pior foi aquele em que faleceu o meu pai, mas foi um ano muito mau por vários aspectos. O 2011 não se avizinha melhor.

Então, comemorar o quê?

O melhor mesmo é ficar por casa com um grupinho de amigos e preparar um jantarinho apetitoso.

Pode ser com umas entradinhas, uns patês,  um belo prato de bacalhau (por exemplo), uns camarõezinhos para a ceia, uns docinhos (não podiam faltar) e o convívio sempre agradável de uma noite passada com os amigos, onde uns jogos e o Karaoke poderão ser uma boa animação.

O bacalhau até pode ser este que é bem saboroso:

Bacalhau com queijo

Cozem-se batatas novas pequeninas ou batata normal às rodelas, bacalhau e espinafres.

Desfia-se o bacalhau e coloca-se às camadas alternadas com as batatas e os espinafres

Numa frigideira põe-se as cebolas às rodelas com azeite para murchar. 

Acrescenta-se queijo da serra ou da ilha ou de cabra (convém ser um queijo co sabor forte) e deixa-se derreter. Depois juntam-se as natas e deixa-se ferver um pouco.

Deita-se a mistura de natas por cima do bacalhau e cobre-se com broa de milho esfarelada.

Vai ao forno.

quarta-feira, 29 de Dezembro de 2010

Pannacotta com molho de morango (Bimby)

E para quem quiser uma sobremesa deliciosa para a Passagem do Ano recomendo esta  pannacotta que fiz no Natal.

Ingredientes:

P/ a panna cota: 

7 folhas gelatina , grandes
500 g natas
150 g açucar
250 g leite
1 saqueta açucar baunilhado
100 g vinho do Porto

P/ o molho: (faço normalmente ½ da receita e é suficiente)

500 g morangos
150 g açúcar

Preparação da pannacotta:
Numa taça coloque a gelatina com um pouco de água para hidratar. Reserve.
Coloque no copo as natas, p açucar, o leite, o açucar baunilhado e programe 6 min/80º/vel3.
Junte o vinho do Porto (eu prefiro sem o vinho do Porto) a gelatina escorrida e programe 15 seg/vel 6
Deite numa forma de coroa e leve ao frigorifico (de preferência faz-se de véspera para ficar com a consistência ideal)

Preparação do molho:
Lave os morangos e coloque-os no copo. Triture 7 seg/vel 5.
Adicione o açucar e programe 5 min/Varoma/vel 2
Deite de imediato em frascos esterilizados (eu prefiro fazer menos quantidade- normalmente 250g de morangos e faço sempre o molho fresquinho)

Acompanha-se a pannacotta com este molho.

segunda-feira, 27 de Dezembro de 2010

Aproveitamentos do Natal - Bacalhau

Tal como prometido venho contar o meu almoço de domingo a seguir ao Natal, que serviu para aproveitar o bacalhau, as couves e as batatas.

Desfiz o bacalhau em lascas, cortei as batatas aos quadradinhos, e a couve também em bocados.

Habitualmente faço apenas uma cebolada com bastante cebola, alhos e azeite mas desta vez variei um bocadinho. Há cebolada, acrescentei um pouco de calda de tomate e um pacote de natas.

Coloquei tudo num tabuleiro e levei um bocadinho ao forno. Ficou delicioso e com este aspecto que podem ver.

domingo, 26 de Dezembro de 2010

Rescaldo do Natal - Perú recheado

Meu Deus tanta coisa para contar q nem sei por onde começar.

Primeiro a sensação habitual. Antes do Natal andamos numa correria e de um  momento para o outro... já passou. Mas a Noite foi muito bem passada com a família reunida e boa disposição, porque afinal o Natal é isso mesmo. Só tenho pena que os míudos hoje não vivam o Natal com a inocência, a emoção e o prazer que eu e os miudos da minha altura viviamos (felizmente que penso ter conseguido incutir aos meus filhos essa emoção). Achei piada quando o mais novo dizia para as primas. "Vocês ainda são umas pitas e já nem querem brinquedos. Eu com a tua idade (dirigindo-se para a mais nova que tem 11 anos) ainda pedia Action Man's ao pai Natal"

Nas refeições foram tantas as coisas boas que vou ter de partilhar aos poucos.
A mesa esta linda não estava?
Ao jantar não faltou o bacalhau com as batatas e as couves e os docinhos, claro. Fiz:

Mouse de chocolate (se não fizesse matavam-me!!!) 
Creme de dois chocolates (Receita do Manuel Luis Goucha)
Panacotta com doce de morango 
Bolo de amêndoa com doce de ovos (a receita era com nozes mas aproveitei umas amêndoas que cá andavam por casa)
Pão de ló de Ovar (receita do livro " Massas e doces" da Bimby. Ficou excelente)
Tarte pastel de nata ( a pedido da minha sobrinha Catarina)
Brigadeiros

Estas receitas vão sair um dia destes. Porque hoje vou servir o perú.

Pois é, para o almoço de dia de Natal fiz perú recheado que acompanhei com batatas fritas, castanhas fritas, arroz de cenoura e esparregado. Estava bom mas não foi das vezes que me saiu melhor.

Fiz assim:

Perú recheado à Reis Magos

Na 5ª feira à noite deixei o bichinho a banhos em água, aguardente, laranjas e limões.
Na 6ª feira à noite arranjei-o e limpei-o todo.

No sábado de manhã preparei o recheio:
300g carne de vaca picada
300g carne de porco picada
150g de entremeada picada
1 cebola
150 g de vaqueiro (eu uso azeite)
200 g de castanhas cozidas
1 maçã reineta
30 g Nozes
Azeitonas pretas (desta vez não pus porque há cá 1 ou 2 esquisitos q não gostam)
1 cáli aguardente
3 ovos
Depois da carne estar refogada com  cebola e o azeite, fora do lume juntam-se os restantes ingredientes, sendo os ovos e a aguardente os últimos para ligar

Recheia-se o perú com o preparado anterior e vai ao forno barrado com esta pasta:
100 g de Toucinho gordo
Alhos
Colorau
Vinho branco
um pouco de azeite
Sal
Coloquei tudo na Bimby e triturei.

Como era um bichinho de cerca de 7 Kg esteve quase 3 horas no forno, mas ficou bem coradinho, como se pode ver.

Quanto às sobras não se podem desperdiçar. Eu depois conto o que fiz.

sexta-feira, 24 de Dezembro de 2010

Prendas de Natal - Resultado final

O aspecto final dos meus presentes de Natal foi este
 Aproveito para mostrar o meu centro de Natal


E um presépio que me ofereceu a minha vizinha, feito por ela

quarta-feira, 15 de Dezembro de 2010

Biscoitos de laranja com cardamomo e sementes de papoila

E os biscoitos ontem há noite foram estes (que não sabia de onde tinha tirado a receita mas fui à procura e eventualmente poderá ter sido daqui) e estes do blog As minhas receitas onde muitas vezes me inspiro.

Hoje vou colocar aqui os primeiros, cuja receita tem sido várias vezes repetida lá em casa porque ficam mesmo deliciosos

Ingredientes:
casca de 1 laranja (Desta vez usei tb limão e ficam óptimos)
100 gr açúcar
180 gr margarina
1 colh sopa sementes papoila
1 colh café cardamomo em pó (eu tinha cápsulas de cardamomo e tive de as abrir para retirar o "fruto" e então triturei logo com o limão)
1 colher café fermento
300 gr farinha
1 pitada de sal

Preparação:
Aquecer o forno a 200º.
Colocar a casca da laranja (ou limão) no copo da bimby e programar 1 min vel 5-7-10.
Adicionar o açúcar e pulverizar mais 1 min vel 5-7-10.
Juntar os restantes ingredientes e programar 20 seg, vel 6.
Depois programar 2 min vel espiga.
Colocar a massa no dispára-biscoitos, e disparar para o tapete de silicone. Quem não tem estende a massa e utiliza os cortantes (é o meu caso). Tenho feito as bolachinas para as prendas de Natal com o cortante em forma de estrela... acho giro para esta época.
Levar ao forno aproximadamente 15 min.



E ó p'ra elas já prontinhas. Visualmente estas bolachinhas ficam muito engraçadas por causa das sementes de papoila. De sabor... melhor ainda!!!

Hoje tenho de começar a preparar os embrulhos.

AH!! e depois coloco a receitas dos outros biscoitos.

terça-feira, 14 de Dezembro de 2010

Biscoitos de flower power

Para completar os cestinhos vou também fazer bolachinhas. Depois de vasculhar as cozinhas da blogosfera decidi-me pelos Biscoitos de flower power que vi aqui e bolachinhas com cardamomo e sementes de papoila que sinceramente não me lembro de onde tirei.

Biscoitos de flower power

Ingredientes:

300 gr. de Farinha
100 gr. de Açúcar
2 colheres (de sobremesa) de Flower Power
180 gr. de Margarina
1 Ovo
1 colher de chá de Açúcar Baunilhado (usei essência de baunilha)
1 pitada de sal

Preparação:
Introduzir todos os ingredientes no copo e programar 20 seg., vel. 6.
Em seguida programar 2 min., vel. espiga.

A Luisa Alexandra fez as bolachas com o dispara-biscoitos, eu, como não tenho, coloquei a massa enrolada em película aderente durante cerca de uma hora no frigorifico e depois estiquei a massa e fiz bolachas com um cortante em forma de estrela
Coloca-se no tabuleiro e vai ao forno pré-aquecido a 200º cerca de 15 min.. (não se deve deixar cozer demasiado).
E o resultado final foi bastante positivo. Nunca tinha utilizado o flower power (mistura bastante aromática de Flores e Especiarias de Agricultura Biológica à venda no Celeiro) mas fiquei fã.
Cá estão elas:
Depois posto as bolachinhas que estou quase a dormir em cima do computador.

Baileys caseiro - presentes de Natal

E continua a saga dos licores para oferecer.
Hoje foi a vez de testar o Baileys que vi no Forum dos Bimbólicos.

Ingredientes:

3 Ovos
1 Lata de Leite Condensado
1 pacote grande de natas (300ml) - usei 1 pacote de 200 ml e juntei um pouco de leite
3 colheres de cha de cafe instantaneo
1 chavena de Whiskey ou mais conforme o gosto (220 ml) - eu pus mais um bocadinho

Preparação:

Deitar os ovos na Bimby e um pouco de whiskey e mexer durante 2 min velocidade 4.
Juntar o Leite Condensado com mais um pouco de Whiskey e programar 2 Min velocidade 3.
Programar mais 4 min velocidade 4 e introduzir as natas. Entretanto vai-se deitando mais um pouco de whiskey. De seguida com a bimby a trabalhar deita-se o cafe soluvel e por fim deitar o resto do whiskey. Bate-se mais 1 min velocidade 4.

Depois é só por na garrafa e deliciar-se com esta pequena maravilha. Ouso dizer que é melhor que o original.

E aqui está o trabalhinho do fim de semana:

segunda-feira, 13 de Dezembro de 2010

Licor de canela - presentes de Natal

O domingo foi dedicado aos licores para os cestinhos que vou oferecer aos amigos este Natal.
A seguir ao almoço a minha cozinha foi invadida pelo magnifico cheiro da canela.

Licor de canela (na Bimby)
(Retirado do forum dos Bimbólicos - publicado pela Quica)

Ingredientes:
1 lt de água
1 lt de aguardente (bagaço)
650 gr de açucar
10 paus de canela

Preparação:
Faz-se o chá para o licor, colocando 1 lt de água com os paus de canela no copo da bimby. Programe 10min, 100º, vel,1.
Quando acabar o tempo, adiciona-se o açucar e programa-se mais 10 min, 100.º, vel.1.
Terminado o tempo, desligua-se a máquina e deixe arrefecer um pouco.
Quando o preparado anterior tiver arrefecido um pouco, programa-se a bimby na velocidade 1 (sem temperatura e sem tempo) e vai-se adicinando a aguardente pelo buraco da tampa. Assim que terminar, desligua-se a bimby e transfer-se para 1 garrafa onde possa deixar arrefecer por completo.
Quando estiver completamente frio, verifica-se o sabor. Se for necessário pode-se adicionar um pouco mais de aguardente ou açucar.

Parece-me bem saboroso no entanto vou esperar uns diazinhos para ele "envelhecer" um bocadinho.

Depois para aproveitar um licor de morango que tinha feito o ano passado mas cuja aguardente era muito àspera (estragando o licor) fiz a receita da calda e acrescentei ao licor.

Que bela ideia ficou fantástico.

domingo, 12 de Dezembro de 2010

Azeite e sal aromatizado - Presentes de Natal

E a odisseia dos presentes de Natal continua.

Já estão prontas as garrafinhas de azeite aromatizado (c/ oregãos, alho e grãos de pimenta) e os frasquinhos de sal aromatizado (c/ tomilho, pimenta preta e pimenta rosa).

O sal já experimentei nuns peitinhos de frango grelhados e está bem bom.

 Agora falta a decoração. Depois mostro o resultado final.

quinta-feira, 9 de Dezembro de 2010

Doce de abóbora com nozes (presentes de Natal)

Este ano, por inspiração de alguns dos blogs que visito vou oferecer às minhas amigas presentinhos caseiros.
Para os de casa a inspiração ainda não chegou.
Às crianças não pode deixar de ser brinquedos.
Os miúdos grandes é que são a minha maior dor de cabeça! O que é que se dá aos putos entre os 15 e os 20 anos? Bem! Logo se vê!!!

Uma das ideias para os presentinhos caseiros é o doce de abóbora com nozes. Já fiz uma rodada, mas deu só para 4 frasquinhos.

Ingredientes:
800 gr abóbora
400 gr açucar
1 pau de canela
100 gr nozes ou pinhões

Preparação:
Corta-se a abóbora em pedaços pequenos. Põe-se no copo 400 gr de abóbora e tritura-se 10 seg vel 6. Colocam-se os restantes 400 gr e repete-se o processo
Adiciona-se o açucar, o pau de canela e programa-se 30 min temp. 100º C vel 1. Se no final ficar muito liquido (foi o que me aconteceu programa-se mais uns min na temp varoma e na mesma velocidade. (Deve colocar-se o cesto em cima da tampa para evitar salpicos).

domingo, 5 de Dezembro de 2010

Pastelinhos de aproveitamentos

O almoço foi grelhada mista, acompanhada de feijão preto, saladinha de tomate temperada com alho, cebola e oregãos e umas batatinhas fritas.
Sobrou carne grelhada e salada de tomate. O que fazer?
Lembrei-me que tinha visto há uns tempos uns pasteis de forno no livro da bimby "Massas e Doces" e achei que era uma boa forma de aproveitar aquelas sobras.
Procurei a receita mas afinal era com atum. No problem!! Dá-se a volta à coisa.

Ingredientes:

Massa quebrada feita na Bimby (para quem tem é claro)
Restos de carne grelhada
Quadradinhos de bacon
Quadradinhos de fiambre
1 cebola
Tomate (utilizei o resto da salada)
pimento
alho
azeite

Preparação:
Fiz a massa quebrada conforme a receita do livro base (nunca tinha feito e achei super fácil)
Coloquei no copo da Bimby a cebola, o tomate, o pimento, o alho e o azeite. Refogar 5 min vel 1 temp 100º.
Triturei 6 seg. vel 5. Juntei a carne , o bacon e o fiambre e estufou mais 5 min vel 1 temp 100º. Triturei de novo 6 seg vel 5.
Estendi a massa com o rolo e fui recheando com o recheio um pouco de queijo ralado.
Fiz os pasteis como se fossem rissóis.

De seguida levei ao forno médio durante cerca de 20 min.
E assim se aproveitou a carne grelhada que tinha sobrado do almoço. Fiz cerca de 12 pastéis que ficaram uma verdadeira delícia!!!

quinta-feira, 2 de Dezembro de 2010

Cheirinho a Natal

Eu adoro o Natal mas este ano ainda nao me parece Natal.

Eu sou daquelas pessoas que embora reconheça que é muito mais fácil fazer as compras atempadamente, adoro deixar tudo para a última semana. Aquela euforia da semana antes do Natal, o andarmos na rua a desejar um Natal feliz aos amigos e conhecidos, a preparação das iguarias para a consoada, enfim, todas as tradições do Natal tornam esta época a mais fantástica do ano.

Como este ano as pessoas andam tristes por causa da crise não se vê aquela azáfama e alegria que é habitual. Até a minha cidade está sem enfeites o que, embora eu não discorde, não deixo de lamentar porque anima muito o comércio.

Mas o que interessa mesmo é nesta época estarmos em perfeita harmonia com os familiares e amigos e o espírito Natalicio ainda vai chegar.


Este ano para manter a tradição fiz a minha árvore no 1º dia do mês de Dezembro. Todos os anos faço uma árvore diferente mas há 3 anos que tento fazê-lo sem gastar muito dinheiro, aproveitando decorações, fazendo ou reciclando enfeites. Este ano reciclei umas bolas que, ficaram muito giras.



Quanto ao presépio tenho saudades do da casa dos meus avós. Felizmente que o meu primo o faz todos os anos pois é uma forma de mantermos vivos os Natais da nossa infância. Eu, há uns anos pintei a sagrada família que é colocada em lugar de destaque aqui em casa.





.